19 de maio de 2008

Olho no lance


Rodada chocha a dessa semana (e final de semana) nos campeonatos brasileiros e libertadores. Times grandes ganhando, pequenos perdendo e os paulistas não fazendo mais do que medíocre. Nos Paulistões reviravoltas e finais.

Paulista A2 - Depois da Ferroviária apresentar aquele futebol zé ruela, no quadrangular, da Inter de Limeira e do Bandeirante de Birigüi serem rebaixados, parecia que a A2 não apresentaria mais nada... o caralho que não: as finais do acesso à divisão principal foram canceladas até segunda ordem por que o "jogo de comadres" Mogi-Mirim vs. Oeste de Itápolis está sendo investigado, tudo por causa do esperneio dos sorocabanos São Bento e Atlético, que não fizeram dentro de campo o mínimo pra merecerem as vagas na divisão principal. Até isso se resolver não saberemos se vai dar Santo André ou Oeste, nem mesmo quem vai subir... tá louco!

Paulista A3 - Nas rodadas finais da A3 duas rodadas agitaram a desanimadas oitavas de final do campeonato. No meio de semana o Linense fez alguma coisa e venceu o Votoraty por 2 x o, em Lins. Desse modo, reacendeu a chama do melhor time da primeira fase e calou a boca dos detratores, feito eu, por alguns dias, mas só alguns... São Bernardo mandou o sabugo no Oeste que nem o ex-sãopaulino Adriano conseguiu desfazer, 3 a 0 em casa pro SaBeCa. Flamengo bateu, em Guarulhos, o Naça por 3 a 1. E em Santa Bárbara o mítico Barbarense venceu o timeco do São Carlos por 2 a 0 e garantiu mais três pontos pro Agrícola. No final de semana, o Bernardão deixou novamente o Linense no chinelo mandando ver o resultado de 3 x 0. Assim, o clube de Lins mostra sua face cavalo-paraguaio e com chances módicas de subir. O Nacional afundou o São Carlos, em São Carlos pelo resultado mais pop da A3: 3 x 1. Assim o SanCa fica quase sem chance de subir, alegria, alegria. O Votoraty venceu o Oeste por 3 x 2, e embolou tudo, somando-se à isso o empate da Barbarense com o Flamengo, em Guarulhos, em 1 x 1.

Brasileiro A - Antes que caiçaras digam "Ah, mas o Santos ganhou de um pacote", vou deixar claro que realmente 4 x 0 é uma goleada, mas até uns 15 minutos do segundo tempo a peixada sofreu pra vencer o Ipatinga. Uma pena que, depois que o Quadricolor do Vale do Aço tomou o primeiro gol, tenha mostrado que é um time da roça abrindo grandemente a porteira. Daí em diante só deu Kléber Pereira e o Santos rumual título.
No Paraná, o São Paulo ainda empatou com o Atlético, já pensando em quando o imperador sair do Morumbi e voltar pro Calccio (que aliás terminou coma Inter Milão vencendo). Resultado: 1 x 1. A Lusa perdeu fora pro Vasco de 3 x 1 e entristeceu a torcida brasileira jogando um futebolzinho digno, mas ineficiente.
E o Palmeiras ganhou, com o Mago e tudo, do Inter-RS, em Porto Alegre, por 2 x 1, e deixou Vitão e Benito Mussolini felizinhos, felizinhos, tanto no show do Jorge Aragão (o primeiro) quanto no Inferno (o segundo).
Santos em sétimo, Parmera em décimo segundo, São Paulo e Portuguesa num lixo de 15º e 16º lugares.

Brasileiro B - Herrera continua sendo o herói da nação alvinegra do Parque São Jorge e das estações do trem de Poá, Ferraz de Vasconcelos e Mogi das Cruz (credo!). Desse modo venceu por 3 x 1 (pooooop) o Gama na terra sem garoa, Brasília.
Um paulista ganha de 3 x 1 lá, um Brasiliense vence por 3 x 1 cá, não bem cá, em Santo André, onde o time de Marcelinho Carioca decepcionou a torcida no Ramalhão. Tristeza.
A Ponte Venceu o Braga pelo resultado mínimo, em Campinas, com Aranha no gol não fazendo jus ao seu salário por culpa do ataque Bragantino. Ponte rumual título.
O São Caetano empatou heroicamente em Alagoas, contra o CRB, por 1 x 1 e mostrou que não tem poder maior no mundo que jogar contra um time pior que o seu. Jogo mais dificil de ver do que bactéria sem microscópio e mais feio que coxar a mãe no tanque. Desse jeito, Coringão na frente, São Caê 3º, Barueri em 5º, Braga na décima segunda, Black Bridge down on the 14ª, só na frente do Marília e do Santo André (décimo quinto e oitavo) piores bandeirantes no certame.

Bem, com a Copa FPF só começando em julho ninguém ficará na Uneshp pra torcer pra Francana, ou pela Ferroviária de Araraquara ou outros times de cidades unespianas. Mesmo assim os grupos já foram definidos e a escolha foi por região, assim Francana, Ferroviaria, Botofogo-RP, Comercial-RP e Taquaritinga jogam no mesmo grupo, lutando por uma vaga na Copa do Brasil. Adeus!

4 comentários:

Felipe disse...

ai, mais uma vez as rodadas chegam e os comentários surgem. Surgem, como sempre, para zuar a nação alvi-negra. Mano, deixar o Herrera virar ídolo é chutar o (pouco) que o Timão representa no cenário brasileiro.
O verdão, com o mago (ou mogli?), ficou feliz, ainda bem. Senão, depois de um final de semana desse o Vitão iria se matar, afinal depois dele perder no WE, o que já era nítido e notório, tinha que ter algum motivo para sorrir.
Por fim, deixo minhas estimas como torcedor do burrão querendo saber do PVC da xiguela o que acontece com o TTé, por onde anda e contra quem joga ...

Mrock disse...

O taubaté vai jogar a copa energil C, um campeonato pros timecos que não tem chance de ganhar nada não ficarem parados no segundo semestre. esse ano a inter de limeira, o sev hortolandia e o independente de limeira tbm jogarão essa merda.

jaf disse...

timeco é a mãe.

Erik disse...

Intruso?