6 de agosto de 2011

Ler comentários da Folha online na sexta de madrugada.
Tão bom quanto PS3.

4 de julho de 2011

Novo blog

Por dificuldades técnicas este blog teve seu funcionamento interrompido. Porém, em outro endereço os trabalhos tem novo impulso agora em 2011. O ano ímpar é favorável aos membros da República Xiguela, especialmente para o Blog, e por isso esta reformulado e em funcionamento no site xiguela.blogspot.com
Abraços.

Testando

Só um teste dessa porra aí!

6 de setembro de 2009

Michael Morre ataca de novo ...

por Luiz Zanin, Seção: Cinema, Festivais 03:21:55.

O Festival de Veneza pegou fogo com a apresentação de Capitalism – a Love Story (Capitalismo – uma História de Amor), do performático diretor Michael Moore, que concorre ao Leão de Ouro, prêmio máximo da mostra veneziana. Em suas obras anteriores, Moore havia feito críticas pontuais ao seu país, como o direito ilimitado de porte de arma (Tiros em Columbine), os efeitos da paranóia antiterrorista decorrente do 11 de setembro (Fahrenheit 11 de setembro), a saúde privatizada (Sicko). Agora, Moore vai direto ao coração do sistema, para demolir alguns dogmas do capitalismo, como o direito ilimitado de propriedade, a livre concorrência e a auto-regulação dos mercados. Retórico, e com desfecho ao som de uma versão estilizada da Internacional, o filme foi muito aplaudido em sua estreia mundial.

Moore lembra dos males do capitalismo em seu país a partir de uma memória de infância, quando uma fábrica em sua cidade natal, Flint, foi fechada e jogou milhares de trabalhadores no desemprego. Atravessa décadas para se debruçar na recente crise econômica, com a derrocada de gigantes como Lehmanns’s Brothers, a seguradora AIG, a Meryl Lynch, fruto da especulação sem limites que tomou conta do mercado financeiro mundial. Moore ouve financistas e políticos e procura entender o que motivou tamanha crise. Não chega a conclusão técnica alguma, mesmo porque as pessoas não sabem explicar o que aconteceu no mercado financeiro. No entanto, conclui, a verdade parece simples e crist: foi o excesso de cobiça, aliado à ausência de regras, que levou à crise da subprime, que ainda não foi debelada de todo, apesar do gigantesco aporte de divisas do governo norte-americano e de outros países, na tentativa de salvar as instituições bancárias.

À sua maneira desenvolta, Moore tenta entrar nos edifícios de corporações poderosas, como a GM, mas é barrado. A arrogância dos executivos é contrastada com o fato de a tradicional empresa ter ido à falência, varrida pela crise. Moore vai aos poderosos, mas entrevista também muita gente que perdeu suas casas, devoradas pelas hipotecas. E mostra cenas de Nova Orleans depois da passagem do furacão Katrina, se perguntando por que são apenas os pobres atingidos por aquelas catástrofes de não os poderosos do mundo. O discurso, óbvio, é antirrepublicano até a medula.

Lembra que, durante a campanha presidencial, Barak Obama foi chamado de socialista. “Mas quanto mais o acusavam de socialista, mais Obama crescia na preferência do eleitorado”, diz. O filme mostra uma esperança muito grande no governo de Obama, como uma possível nova era para os Estados Unidos. E recorda que um país mais justo é uma antiga aspiração, não de socialistas e comunistas, mas dos melhores políticos do país – em especial o presidente Franklyn Delano Roosevelt que, pouco antes de morrer, em abril de 1945, havia proposto uma nova carta de direitos dos cidadão americanos, que não pôde ver implementada. Esses direitos fundamentais, próprios do welfare state, acabaram vingando mais na Europa do que na América. De acordo com Moore, os assessores técnicos de Roosevelt, que foram à Europa participar da reconstrução do continente destruído pela guerra, lá encontraram terreno mais propício para suas ideias sociais do que em seu próprio país.

Embora termine de maneira provocante ao som da Internacional, Capitalismo – uma História de Amor não se parece em nada a um tratado de ideias marxistas. É uma crítica devastadora ao capitalismo selvagem e ao neoliberalismo. Soa mais como um apelo – ou um panfleto, talez– em prol de um aperfeiçoamento do próprio capitalismo. Um capitalismo com face humana, digamos. Algo que vai ao encontro das ideias de Obama, e de políticos reconvertidos às virtudes de controle do Estado após o tsunami financeiro de 2008.

Fonte

3 de setembro de 2009

22 de agosto de 2009

Comendo bem pra comer melhor ...

Sexta, 21 de agosto de 2009, 09h07

Conheça 14 alimentos e bebidas que podem aumentar a libido
Patricia Zwipp

Quando o assunto é sexo, vale de tudo um pouco para melhorar a sua qualidade e aumentar o prazer. A criatividade se liberta em meio a fantasias, brinquedinhos, posições diferenciadas. E entre as apostas também estão alguns alimentos e bebidas tidos como afrodisíacos, que prometem deixar a diversão entre quatro paredes ainda mais picante.
Muito já se falou e escreveu sobre o assunto, mas, afinal, alguns alimentos e bebidas podem mesmo despertar o desejo? A nutricionista Alessandra Paula Nunes, professora do curso de nutrição de Centro Universitário São Camilo, conta que há estudos que indicam a relação entre determinadas iguarias e a vida sexual mais prazerosa, mas enfatiza que não são conclusivos e ainda pedem novas investigações.

"Segundo as pesquisas, podem exercer diversas ações no metabolismo, como aumentar a circulação sanguínea, atuar no sistema nervoso central e aumentar a produção dos hormônios sexuais, alterando a libido, aumentando a sensação de prazer, o tempo de ereção e a lubrificação vaginal.", explica.

Também existe a possibilidade de o aspecto e o aroma somar pontos na hora dos contorcionismos na cama. "Frutas com perfume doce, por exemplo, podem influenciar no desejo, despertando sensações que interferem na liberação de certos hormônios sexuais. Baunilha, curry e gengibre têm a mesma ação", fala a nutricionista.

Quem nunca ouviu comentários de que ovo de codorna, catuaba e amendoim são responsáveis por verdadeiros milagres para os homens? Pois bem, a professora do Centro Universitário São Camilo ressalta que não há comprovações científicas que atestem essa aclamada eficácia.

Lista
Confira abaixo 14 produtos que já foram relacionados à maior potência do desejo em alguns estudos. Mas nem pense em comprar todos e se empanturrar. Em alguns casos, podem causar alergias. "A verdade é que consumi-los uma única vez não terá o poder de aumentar o apetite sexual e também não existe um tempo ideal para isso, tudo depende da resposta de cada organismo ao alimento." A nutricionista lembra que o campo sexual, assim como qualquer outro aspecto da vida, funciona melhor quando há uma dieta balanceada. Portanto, comer com moderação deve ser também considerado como um ato para lá de afrodisíaco, não?

Açafrão: A especiaria vermelho-alaranjada foi relacionada ao aumento dos batimentos cardíacos e do suor, sinais de excitação sexual.

Alho: Usado contra a obstrução dos vasos, pode ajudar a melhorar o fluxo do sangue e a prolongar a ereção. Devido ao aumento da circulação, há a possibilidade de aumentar a lubrificação da mulher.

Aspargo: Considerado afrodisíaco por conter vitamina B3 (promove dilatação dos vasos sanguíneos), pode ter a capacidade de prolongar a ereção e aumentar a lubrificação da mulher.

Banana: Rica em magnésio, a fruta é importante por promover a vasodilatação e aumentar o desempenho sexual, além de auxiliar na produção de serotonina, que provoca a sensação de felicidade.

Café: Por ser rico em cafeína, possui interessante ação estimulante. Pessoas hipertensas devem consumi-lo moderadamente, com a orientação de um nutricionista.

Chocolate: Além de possuir propriedades estimulantes, o chocolate aumenta a produção de serotonina, que dá sensação de prazer e felicidade. Esses efeitos têm sido relacionados com a presença da feniletilamina, que é capaz de estimular o hipotálamo, induzindo a sensações agradáveis.

Especiarias: O cravo, a noz moscada, o ginseng, a canela e a mostarda, por exemplo, podem provocar o aumento da secreção de lubrificante vaginal e da produção de testosterona no homem.

Frutos do mar: Os alimentos vindos do mar, principalmente as ostras, são ricos em zinco. O mineral tem importante função na fabricação de secreções, como a da lubrificação feminina. Além disso, ajuda no tratamento de infertilidade do homem, por aumentar a contagem e a mobilidade dos espermatozóides.

Guaraná: Conta com substâncias estimulantes, em particular a cafeína, assim como grande quantidade de taninos. Pela presença de xantinas, atua sobre a circulação (vasodilatação) e também no sistema nervoso central, levando a uma liberação espontânea prolongada de calor, tanto no homem quanto na mulher.

Gengibre: Devido à sua ação estimulante do sangue, a raiz pode ajudar a prolongar a função erétil e a estimular a lubrificação feminina.

Maca peruana: Conhecida também como Ginseng dos Andes ou Viagra dos Incas, pode melhorar o fluxo sanguíneo na zona pélvica de homens e mulheres. Há indícios de possuir a capacidade de promover a mobilidade dos espermatozóides e do volume seminal, auxiliando no tratamento de infertilidade.

Oleaginosas: A arginina e a vitamina B3 presente nessas frutas (como castanhas, nozes, amêndoas e avelãs) promovem a vasodilatação, o que aumentaria a libido.

Pimenta Cayenna: Conhecido como agente excitante por poder estimular a circulação, assim como os alimentos picantes em geral.

Vinho tinto: Pesquisa recente da Universidade de Florença, na Itália, afirma que pode haver uma relação entre o consumo moderado de vinho tinto e o aumento da libido feminina. Foram analisadas 798 mulheres, entre 18 e 50 anos, e constatou-se que o grupo que apresentou os maiores índices de desejo sexual foi o que consumia uma ou duas taças de vinho por dia.

Fonte. (ah, o site foi indicação da Celeste) ....

17 de agosto de 2009

4 de agosto de 2009

Long time no see

Muito tempo que não posto nada por aqui...

Bom, aqui vão dois videozinhos pra ver se animo um pouco



3 de agosto de 2009

Vamos falar de música?

Fala Xiguela!!!

Decidi ocupar esse meu interminável ócio apresentando músicos consagrados mundo afora. E pra começar, ninguém melhor q o cara q mais entende de lingerie nesse mundo: Wando.

Deliciem-se!

2 de agosto de 2009

31 de julho de 2009

Concordo quase 100%

Quinta-feira, 30 Julho, 2009

'Sexo deixa a vida mais gostosa'

Hoje é o Dia do Orgasmo e a coluna preparou uma entrevista exclusiva e picante com a Rainha de Bateria da Vila Isabel, Gracyanne Barbosa, abrindo sua intimidade. A mulher do cantor Belo conta que sabe onde é o seu Ponto G, que sexo é 80% da relação e que é possível ter mais de um orgasmo na mesma transa.

Quais os passos para a mulher ter orgasmo?

Primeiro, ela precisa conhecer o seu corpo. Saber o que ela gosta e como ela gosta. Para ela poder indicar ao parceiro. Tem que se tocar, se olhar no espelho. E ela tem que ir para o encontro já pensando na transa.

Que conselho você dá para as gordinhas?

Tem que se aceitar. Na cama, o homem não está nem aí para a celulite e a barriguinha. Ele não vê nada. Tem que parar com essa neurose e se entregar. Nada de apagar a luz totalmente. Na hora do tesão, não importa estar acima do peso.

Você já teve orgasmos?

Já tive, sim. Aliás, é possível ter mais de um numa mesma transa. Eu sou uma prova disso.

Existe o Ponto G?

Lógico que existe! Tanto que já achei o meu. Mulheres, procurem o seu já!

Que dicas você dá para as mulheres apimentarem o sexo?

Frequentem sex shops. Sempre dá uma esquentada. Se não conseguir chegar ao orgasmo na transa, compre uns brinquedinhos. Se não conseguir chegar lá de uma maneira, será de outra.

Sexo é 50% do relacionamento para você?

Pra mim, sexo é bem mais que isso. Eu arriscaria 80%.

Você e o Belo costumam ir a motel?

Claro. Acho bacana para dar uma mudada no sexo. Mas não combinamos de ir. É sempre surpresa.

Você usa fantasias?

Sim. O básico é a lingerie para mim. Eu tenho várias. E as fantasias e o striptease têm o seu momento certo. Tanto para eu fazer, quanto para o Belo fazer.

Na cama, você prefere dominar ou ser dominada?

Curto as duas coisas. Sexo deixa a vida mais gostosa, né?

E o dia de hoje?

Vou curtir muito o maridão.


Fonte

29 de julho de 2009

Mas que beleza !!!

Terça-feira, 28 Julho, 2009

'Princesa Devassa' abre o jogo

Em entrevista no lançamento da sua 'Playboy' ontem, a ex-BB Priscila Pires falou do seu assunto preferido: sexo. Sem pudor, a gata se declarou uma adepta apaixonada do sexo anal. "Acho uma delícia", entregou a morena, que foi além: "Acho sexo fundamental, não existe melhor remédio para brigas".

No ensaio, intitulado "Princesa Devassa", Pri posa com dez homens pelados, num cenário que reproduz o de um filme pornô. "Eram dez homens lindos me levantando e me despindo. Isso mexe com as fantasias femininas", conta ela, que disse que não se sentiu excitada com a situação porque tinha muita gente em volta, mas depois.... "Eu ficava depois, quando ia ver o resultado".
Pri também explicou o piercing genital que usou com a sigla BBB: "B de Boninho (diretor do reality show), de Bial e de Brasil". Nas bancas terça.




Fonte confiavel ...

28 de julho de 2009

Bomba de leite moça

Falae Xiguela!!!!

Quebrando o meu jejum de postagens, venho com um vídeo de um cara que tomou bomba e descobriu q não se deu tão bem assim... Imagina o q vai acontecer c o pau dele! huaheuae

21 de julho de 2009

8 de julho de 2009

Atletas deveriam beber cerveja todo dia, diz estudo

Além de matar a sede e relaxar, a cerveja ajuda na recuperação após a prática esportiva. A afirmação é do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC) da Espanha, que apresentou um estudo defendendo o consumo moderado da cerveja para os atletas como fonte de hidratação diária.

O estudo "Idoneidade da cerveja na recuperação do metabolismo dos desportistas", apresentado nesta terça-feira (7), foi baseado em relatórios e pesquisas de especialistas em medicina, fisiologia e nutrição da Universidade de Granada com o aval do CSIC.

Segundo o documento, os componentes da cerveja ajudam na recuperação do metabolismo hormonal e imunológico depois da prática desportiva de alto rendimento e também favorece a prevenção de dores musculares.

A tese é defendida pelo cardiologista e ex- jogador de basquete da seleção espanhola, Juan Antonio Corbalán, medalha de prata nas Olimpíadas de Los Angeles (1984).

O estudo foi realizado em dois anos e recomenda o consumo de três tulipas de 200 ml de cerveja (ou de 20 g a 24 g de álcool) para homens e duas para mulheres (10 g a 12 g) por dia; volume que os autores do relatório definem como moderada.

Cerveja ou suco de laranja

De acordo com os pesquisadores, a cerveja contém 95% de água e é a bebida alcoólica com menor gradação (5% em média). Uma tulipa de 200 ml possui 90 calorias, o mesmo que um copo de suco de laranja.

Para chegar a essa conclusão de consumo na dieta de desportistas, os cientistas fizeram pesquisas com 16 atletas universitários com idades entre 20 e 30 anos, em boa forma física e que alcançavam uma velocidade aeróbica máxima (VAM) de 14 km/h.

Além disso, todos deveriam ser consumidores habituais e moderados de cerveja, manter uma dieta mediterrânea, não ter hábitos tóxicos nem antecedentes familiares de alcoolismo.

Os testes foram feitos durante três semanas em baterias diárias de uma hora de corrida, sob calor de 35ºC, 60% de umidade relativa e duas horas de pausa para hidratação.

Nesse intervalo os atletas bebiam água ou cerveja (máximo de 660 ml), alternando as bebidas em cada pausa de hidratação para comparar resultados.

"Tão boa quanto água"

A conclusão foi que a cerveja permitia recuperar as perdas hídricas e as alterações do metabolismo tão bem quanto a água.

Os cientistas usaram parâmetros indicativos como: composição corporal, inflamatórios, imunológicos, endocrinometabólicos e psicocognitivos (coordenação, atenção, campo visual, tempos de percepção-reação, entre outros) para comprovar que o álcool não afetava a atividade de hidratação.

O estudo destaca ainda que a cerveja contém substratos metabólicos que substituem algumas substâncias perdidas durante o exercício físico como aminoácidos, minerais, vitaminas e antioxidantes.

Mas apesar desta defesa do consumo da cerveja, os pesquisadores espanhóis afirmam que o consumo nunca deve passar da moderação, porque o excesso de álcool não se metaboliza e, por isso, afeta o sistema nervoso central.

No caso dos desportistas a recomendação do relatório é beber durante as refeições. Nunca momentos antes de praticar exercícios nem logo depois.

O intervalo indicado para a cervejinha da hidratação é de duas horas antes ou depois de suar.


Fonte

5 de julho de 2009

30 de junho de 2009

Todo mundo se protegendo ...

Study: Fellatio may significantly decrease the risk of breast cancer in women

Thursday, October 2, 2003 Posted: 9:19 AM EDT (1319 GMT)

(AP) -- Women who perform the act of fellatio and swallow semen on a regular basis, one to two times a week, may reduce their risk of breast cancer by up to 40 percent, a North Carolina State University study found.

Doctors had never suspected a link between the act of fellatio and breast cancer, but new research being performed at North Carolina State University is starting to suggest that there could be an important link between the two.

In a study of over 15,000 women suspected of having performed regular fellatio and swallowed the ejaculatory fluid, over the past ten years, the researchers found that those actually having performed the act regularly, one to two times a week, had a lower occurrence of breast cancer than those who had not. There was no increased risk, however, for those who did not regularly perform.


Fonte.