8 de agosto de 2008

Ponto positivo pro governo russo

Nova lei pode proibir emos na Rússia
Medidas visam regular sites dedicados ao gênero e roupas nas escolas.'Expressar emoções não é proibido por lei', rebate vocalista de banda russa.


Uma nova lei pode proibir emos na Rússia. As regras, que ainda estão sendo formuladas, podem banir sites dedicados ao gênero e até o modo de se vestir nas escolas e em prédios do governo. Aparentemente, essas medidas estão sendo tomadas por medo de que “modismos adolescentes perigosos” induzam à depressão e ao suicídio. O projeto de lei foi apresentado no mês passado. Seus defensores alegam que a cultura emo é negativa, encoraja o comportamento anti-social e glamouriza o suicídio. Segundo o jornal inglês “The Guardian”, os emos foram descritos como “adolescentes que se vestem de preto, usam piercings e franjas que cobrem metade do rosto”. Jovens russos fizeram diversos protestos neste fim de semana. Em Krasnoyarsk, na Sibéria, onde algumas leis já estão em vigor, manifestantes carregaram faixas com frases do tipo: “Um estado totalitário encoraja a estupidez”. Dmitry Gilevich, da banda emo MAIO, aproveitou a oportunidade para frisar que “expressar emoções não é proibido por lei.” Uma onda de críticas ao gênero atinge os emos no Reino Unido desde o início do ano. Fãs da banda My Chemical Romance protestaram em frente aos escritórios do jornal “The Daily Mail” devido a uma reportagem que vinculava o suicídio de jovens à cultura emo.

Um comentário:

R'emo disse...

Já vi que terei que mudar meu itinerário de férias....

ao invés da rússia, irei pro alaska.
Afinal, gelo é tudo igual mesmo...